Cinco prefeituras paulistas e uma carioca receberam, no dia 21 de junho, o Prêmio Inteligência Municipal, concedido anualmente pela Geopixel em parceria com o Instituto Smart City Business America. Os prêmios, que são um reconhecimento do esforço das administrações municipais visando à construção de uma cidade inteligente, humana e sustentável, foram entregues durante o Encontro de Usuários Geopixel 2023, realizado em São José dos Campos, SP.

Este ano, os ganhadores foram os municípios de Hortolândia, Ilhabela, Louveira, Pindamonhangaba e São Sebastião, de São Paulo, e Teresópolis, do Rio de Janeiro.

O presidente do Instituto Smart City Business América, Leopoldo de Albuquerque, ressaltou a importância do prêmio como forma de incentivar cada vez mais os gestores a buscarem as tecnologias de inteligência como aliadas na gestão.

 

“Para essa premiação criamos critérios independentes e bastante objetivos, por isso, ela dá visibilidade ao trabalho realizado pelo município, atraindo a atenção de outras prefeituras para o uso dessas ferramentas”, disse.

Os critérios de avaliação foram número de acessos ao sistema, número de usuários cadastrados e que utilizam o sistema; maturidade das aplicações, ou seja, o quanto a ferramenta Geopixel Cidades está sendo utilizada de maneira apropriada pela prefeitura; o tempo de contrato com a Geopixel, e o impacto das soluções na gestão do município, ou seja, qual tem sido, efetivamente, a contribuição para a melhoria da qualidade de vida da população.

“O caso relatado pelo prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, mostrou um impacto muito claro que o sistema teve, ajudando a salvar vidas”, exemplificou Albuquerque.

Conheça alguns ganhos que as cidades premiadas tiveram com o uso do Geopixel Cidades

A redução do tempo de resposta, possibilitada pela plataforma da Geopixel, foi crucial nas operações de busca, salvamento e resgate das vítimas das chuvas que provocaram enchentes e deslizamentos em São Sebastião, em fevereiro deste ano.

 “O apoio da tecnologia foi fundamental para que pudéssemos identificar rapidamente onde estavam as residências impactadas pelos deslizamentos”, lembra o prefeito da cidade, Felipe Augusto. “Em 5 dias conseguimos localizar e resgatar 64 corpos. Esse rápido tempo de resposta em um momento de calamidade, possibilitado pelas ferramentas da Geopixel, minimizou o sofrimento e a angústia das pessoas. Conseguimos agilizar a busca, as operações e o salvamento, com 28 pessoas sendo resgatadas com vida.”

Para o subsecretário de Planejamento de Teresópolis, Theo Panagoulias, os benefícios da plataforma da Geopixel vão muito além da melhoria dos resultados de arrecadação, por meio da atualização do cadastro territorial.

O que mais nos estimula a trabalhar com essa ferramenta é a transparência dentro do processo como um todo, e também em relação aos organismos de controle. Você acaba apresentando ao Ministério Público, à Defensoria Pública, como está o status quo da cidade e as perspectivas para se trabalhar no futuro, tentando chegar a um modelo de cidade ideal, da cidade dos sonhos de todo mundo.”

Para Rubia Mara, diretora de Tecnologia da Prefeitura de Hortolândia, A implantação da ferramenta de aprovação online de projetos de construção civil trouxe mais acessibilidade ao serviço, além de mais segurança ao processo.

 

 

“Com a integração e a autenticação dos usuários via gov.br, trouxemos facilidade para o usuário externo acessar o serviço da Prefeitura, desburocratizando e trazendo eficiência e eficácia na aprovação de projetos.”

“Um grande benefício da plataforma da Geopixel é facilitar a comunicação entre as secretarias”, afirmou Jailson Rosa Batista, da Defesa Civil de Louveira.  O uso compartilhado de dados permite, por exemplo, detectar onde é necessário promover a limpeza de galerias, onde é preciso uma intervenção da Secretaria de Obras. Essas ações preventivas vão além do mapeamento das áreas de risco de movimentação de massa e de inundações.”  

.

“A utilização de ferramentas de georreferenciamento para a obtenção de respostas nos diversos setores instituiu uma nova forma de fazer gestão pública integrada”, afirmou Danilo Velloso, secretário de Tecnologia, Inovação e Projetos de Pindamonhangaba. “Com a experiência que vivi em Pindamonhangaba, posso afirmar, hoje, que qualquer município pode construir uma cidade inteligente.”

Buscar por uma notícia

    © 2023 Todos os direitos reservados para Geopixel
    plugins premium WordPress